Operadora de celular na crise do Covid-19

Marcelo Rubens Paiva

15 de março de 2020 | 11h35

Resultado de imagem para conectivity

Um dado é certo: com o isolamento forçada ou voluntário, aumentará e muito a transmissão de dados via internet.

Aulas, calls, home office, entretenimento e crianças em casa é a somatória ideal para o congestionamento das conexões

Neste fim de semana, França e Espanha, seguindo a Itália, tomaram medidas rigorosas contra a vida social.

O efeito será sentido na conectividade e será um teste de como a rede se comportará com a demanda enorme de dados. Se o combate à pandemia é uma ação coletiva, operadoras de celular podem contribuir. Um teste interessante é saber como foi a audiência dos streamings e da TV aberta ontem, sábado, 14/03. Paradoxalmente, séries em gravação começam cancelar a gravação. Ainda bem que tem muita coisa antiga para ver, rever

A Claro soltou um comunicado ontem oferecendo mais Internet na banda larga de casa, pontos públicos de Wi-Fi e planos móveis durante quarentena do coronavírus:

Uma equipe técnica trabalhará para garantir a melhor conectividade possível.

Concederá ainda acesso gratuito ao app “coronavírus SUS” do Ministério da Saúde e sinal aberto de canais da TV por assinatura, ampliando a campanha oficial de combate ao covid-19.

Na Banda Larga fixa, a operadora aumentará gradativamente a velocidade para todos os assinantes.

Na rede móvel, a Claro adotará a concessão gradativa de bônus de Internet para seus clientes pós-pagos, permitindo que se mantenham conectados com fontes oficiais de informação, familiares e médicos.

Clientes pré-pagos que consumirem toda a sua franquia poderão ganhar um bônus diário de 100MB para continuar navegando. Para
isso, deverão assistir à campanha de conscientização produzida pelo Ministério da Saúde sobre o coronavírus. Clientes dos planos pré-pagos semanais e mensais também receberão bônus que permitam expandir sua conectividade no período da oferta.

A Claro liberará a sua rede de Wi-Fi disponível em locais públicos (aeroportos, parques, restaurantes etc.). O acesso pode ser feito por meio da rede #NET-CLARO-WIFI, que terá conexão concedida por tempo limitado para quem aceitar a exibição dos vídeos de
prevenção disponibilizados pelo Ministério da Saúde.

Disponibilizará de mais canais e conteúdos de interesse aos clientes de TV por assinatura, reforçando as
fontes de informação e entretenimento para quem estará em casa. A abertura de canais já começou neste fim de semana e terá validade por tempo indeterminado, conforme política acordada com cada programadora.

Parabéns, Claro.