não deixe a noite morrer

não deixe a noite morrer

Marcelo Rubens Paiva

11 de abril de 2013 | 21h23

 

Chocado com o fim do STUDIO SP.

A casa que era muito mais que uma balada foi trolada pela fiscalização, fechou primeiro o espaço na Vila Madalena, e agora o da Augusta, depois do baque das estúpidas mortes da Boate Kiss, e, como toda a noite, viu o público cair com a nova e mais rigorosa LEI SECA.

Num país que não tem transporte público para boêmios, muitas casas vão penar.

Apesar de se gabar de sua vida noturna, música, noite, festas.

Vai fazer falta.

+++

 

 

Por isso, não deixe a noite morrer.

Vou voltar a divulgar eventos que motivem as pessoas.

Vamos nos mexer.

Nessa sexta, dia 11/04, festinha Piripaque no Cemitério de Automóveis

Soul, Funk e pérolas dos anos 60 e 50

Com show acústico de Lu Vitti – a partir das 22h

e discotecagem de Carcarah e Linn Jardim – do começo ao fim.

Rua Frei Caneca, 384.

O bar abre cedo, pra quem quiser colar direto do trabalho, e fica até tarde, com as portas fechadas depois da 1h, por causa do PSIU. Empreendimento dos empreendedores Mário Bortolotto e Danielle Cabral.

 

+++

A quinta edição do AuTORES EM CENA que, tradicionalmente, coloca escritores para serem dirigidos por diretores de teatro como atores, é apresentada no Itaú Cultural de 12 a 14 de abril (sexta-feira a domingo).

O evento idealizado pelo Marcelino Freire, também curador.

No primeiro dia (sexta-feira, 12), às 20h, homenagem ao autor e escritor Alberto Guzik (1944-2010) em texto dirigido por Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez e com participação do grupo Os Satyros.

Depois, a poeta Micheliny Verunschk retoma a representação no espetáculo O Observador e o Nada. O texto é de sua autoria e ela foi dirigida por Guzik na primeira edição do AuTORES EM CENA, em 2006. Veja na página do Itaú Cultural:

PROGRAMAÇÃO:

AuTORES EM CENA

Sexta-feira, 12 de abril, a partir das 20h

(duração aproximada 30 minutos por ato)

I Ato

Homenagem ao autor e escritor Alberto Guzik (1944-2010) dirigida por Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez e com participação do grupo Os Satyros.

II Ato

Representação do espetáculo O Observador e o Nada, dirigido em 2006 por Guzik exclusivamente para o AuTORES EM CENA, com atuação e texto de Micheliny Verunschk.

Sábado, 13 de abril, a partir das 20h

(duração aproximada 30 minutos por ato)

Erre de Rosto

Dirigida por Lourenço Mutarelli, com atuação dos desenhistas DW e Manu Maltez

As Joias

Dirigida por Fernanda D’Umbra e com atuação dos quadrinistas Laerte e Rafael Coutinho

Domingo, dia14 de abril, a partir das 19h

(duração aproximada: 2h)

Edição especial do ZAP! Zona Autônoma da Palavra – um Slam Brasileiro

Apresentação e direção do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos

Com nove jovens autores de diferentes cidades numa disputa poética.

Dona Edith, do Sarau da Cooperifa, é a convidada especial.

Entrada franca (ingressos distribuídos com 30 minutos de antecedência)

Estacionamento gratuito para bicicletas

Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

Fones: 11. 2168-1776/1777

 

www.itaucultural.org.br

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: