Mobilização pelo Parque do Bixiga

Mobilização pelo Parque do Bixiga

Marcelo Rubens Paiva

26 de novembro de 2017 | 11h40

 

Depois do Parque Augusta, o foco de quem quer uma cidade mais humanizana se volta no entorno do Teatro Oficina.

Em terrenos de como proprietário o Grupo Silvio Santos.

Especialmente depois do Condephaat, em 23 de outubro, se pronunciar favorável ao projeto do grupo, para construir torres empreendidas pela Construtora Sisan e até um shopping,

A mobilização ganha a página: https://www.facebook.com/events/320266561783769

Hoje, 26 de novembro, a partir da 14h, uma ManiFESTAção começa em frente ao Teatro Oficina Uzyna Uzona.

O bairro todo, Bixiga, de muita história, tradição, samba, muito teatro, poucas árvores e nenhum parque, é convocado para protagonizar o Carnaval Cosmopolitano.

Está na programação:

CONCENTRAÇÃO A PARTIR DAS 14H

em frente ao Teat(r)o Oficina

rua Jaceguai, 520

VEM #PARQUEDOBIXIGA

1º MOVIMENTO

ATO ECUMÊNICO – início 15H

feitiço da política da multidão

em rito de abertura transecumênico

pros corpos, pro cosmos, pra sol

2º MOVIMENTO

INÍCIO DO CORTEJO

abraçaço do quarteirão do PARQUE DO BIXIGA

banho de cheiro com carro pipa! cantar, regar e irradiar a PRIMAVERA CULTURAL

3º MOVIMENTO

MANIFESTA DA MULTIDÃO

coro de blocos, transbandas, todos os fógos, todos os póvos maniçobas em festa !

 

Diz o chamado:

DOMINGO NO PARQUE

faça chuva ou faça sol

#vemproBixiga

maniFESTAção COSMPOLÍTICA de carnaval da multidão

26 de novembro, domingo, lua crescente

desejamos a força de todas as presenças num ATO PÚBLICO

para evocar o PARQUE DO BIXIGA

no fogo de carnaval

CONVOCAMOS os corpos livres, vivos, políticos, despertos!

para uma grande maniFESTAção PÚBLICA

uma acupuntura urbana

no território do PARQUE DO BIXIGA

para que seja uma terra pública, de cultura, de todas as artes

LIVRES

em contracenação com a especulação da vida

pelo capital

a alegria é a prova dos 9

 

PRESENÇAS CONFIRMADAS:

#SalvaroTBC

11a Bienal de arquitetura de são paulo

Aldeia Guarani tenondé porã

Arselino Tatto

Bloco Fluvial Peixe Seco

Bloco Fuá

Bloco Pagu

Carmen da Silva

Casa1

Celso Frateschi

Celso sim

Coral da USP – Casa de Dona Yáyá

Creative Comes

Denise fraga

Dj Thiago

Eduardo Suplicy

Eternos Suspeitos (Slam da Resistência)

FLM (frente de luta por moradia)

Gilberto Natalini

Greenpeace

Guarani mbyas

Guarani Tenondé Porã

Guilherme Boulos

Grupo Pandega

João Paulo Rilo

Leci Brandão

Marcelo Tas

Motin (movimento dos teatros independentes de São Paulo)

MSTC (movimento sem teto do centro)

MTST (movimento dos trabalhadores sem teto)

Nabil Bonduki

Padre Antônio Sagrado Bogaz, pároco da igreja da Achiropita

Parque Augusta

Sâmia Bonfim

Sérgio Mambert

Terreyro Coreográfico

Toninho Véspoli

Tutu Moraes (Santo Forte)

Tendências: