Janis Joplin com samba no pé

Janis Joplin com samba no pé

Marcelo Rubens Paiva

14 de abril de 2014 | 12h29


A foto resgatada é do Arquivo Nacional.

Janis Joplin passou uma temporada em Arembepe, litoral baiano [a 30 km ao norte de Salvador], para se livrar do vício de herô.

E deu um rolê em fevereiro de 1970 pelo carnaval carioca. Caiu no samba.

Foi barrada, pois tentou desfilar numa escola de samba no centro do Rio, ao lado do grande DJ Big Boy [de branco], ídolo da minha infância.

Foi acompanhada pelo fotógrafo Ricky Ferreira e pelo cantor Serguei, que, dizem, teve um caso com ela.

 

 

Ricky a hospedou depois que ela foi expulsa do Copacabana Palace, hotel mais caro da cidade, por nadar nua na famosa piscina.

E a levou para as baladas cariocas, em que ela quase passou despercebida [fez topless na praia de Copacabana e até cantou num inferninho do bairro].

Figuraça.

Uma pena que o Carnaval dela durava 365 dias por ano.

Ela morreria meses depois, em 4 outubro em Los Angeles, aos 27 anos.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.