garotas que leem e gozam

garotas que leem e gozam

Marcelo Rubens Paiva

29 de novembro de 2013 | 12h31

 

A literatura encontra formas de se renovar.

Ou seria a indústria do entretenimento adulto que encontra formas de se sofisticar?

A nova onda é colocar garotas com um vibrador camuflado, lendo um livro, digamos, “sério”.

Não podem parar.

Atingem o clímax [me sinto uma sexóloga dos anos 1980 usando esta expressão] e não param, não param, não param…

A ideia é divertida, diferente, sedutora.

Começou com a atriz pornô chique, a bombada e linda STOYA, que lê Necrophilia Variations, de Supervert.

http://www.youtube.com/watch?v=PQuT-Xfyk3o

“Continuei a enunciar propriamente, me focando no texto. Comecei a transpirar. Se continuasse assim, meu cabelo teria ficado ensopado, como se estivesse suando sem fazer esforço físicoalgum. Eu tropecei nas palavras e logo voltei para pronunciá-las corretamente”, disse. Fofa.

O PROJETO SE CHAMA Hysterical Literature.

O melhor é que aconselha o fã a comprar o livro lido e até linca.

Está no Youtube.

Ideia do fotógrafo Clayton Cubitt.

A proposta de “Hysterical Literature” consiste em uma mulher lendo um livro enquanto é estimulada debaixo da mesa.

Alícia lê o clássico da poesia “Folhas na Relva”, de  Walt Whitman. E goza.

Danielle lê “Still Life With Woodpecker” de Tom Robbins.

Stormy lê “Psicopata Americano”, livro de Bret Easton Ellis, que virou filme.

Teresa lê “Sexing the Cherry”, de Jeanette Winterson

Amanda radicaliza e lê “Laranja Mecânica”.

É fofo.

Cuidado apenas com o volume.

Já existe até a cópia brasileira, “Gozando de um Bom Livro” [péssimo nome].

Bianca Jahara, ex-BBB e apresentadora do canal Sexy Hot, participa da produção feita pelo blog Papai Chegou, SF13 Produções e SIO [Santa Igreja da Onifodência].

Não tem o bom gosto do original.

Mas Bianca lê um livraço, “A Sociedade do Espetáculo”, do teórico francês Guy Debord

Confesso que preferia que ela lesse sem gozar.

 

+++

 

Já importaram Halloween e Black Friday.

Só falta importarem Thanksgiving, que comemora trégua entre peregrinos e índios.

AMERICANOS.

Em que traçaram um coitado de um peru com recheio de farofa.

 

+++

 

Olha o que vem por aí.  É, garoto…

Original:

 

 

+++

 

Lembrando a banda EDDIE:

É assim que ela é metade futebol metade mulher
É assim que ela é metade futebol metade mulher

 

Amanhã no grande MUSEU DO FUTEBOL, abre a exposição Futebol de Papel.

Álbuns, revistas, jornais, selos, postais, figurinhas, pipas…

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: