Fräulein campeã

Fräulein campeã

Marcelo Rubens Paiva

16 de julho de 2014 | 11h04

 

A Final da Copa começou com a entrada de Gisele Bündchen, levando a taça ao gramado.

E depois do jogo umas lindas garotas entraram e se sentaram no banco da Alemanha, enquanto os jogadores comemoravam no gramado.

Todos apontavam.

Eram da comissão técnica do time?

O figurino destoava.

Claro, por trás de grandes jogadores…

Ou à frente de belas mulheres…

Eram as Fräuleins: as esposas, que foram vestidas para matar qualquer torcedora mais assanhada.

E afastar as pretendentes e candidatas a Maria chuteira tedesca.

 

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: