Filme FIEL – Vai Corinthians

Filme FIEL – Vai Corinthians

Marcelo Rubens Paiva

06 Fevereiro 2009 | 12h25

Devo uma satisfação aos fãs de futebol e cinema, que me cobram diariamente. O documentário FIEL, sobre a queda e a ascensão do glorioso Corinthians Paulista, está montado.

Ontem, a diretora Andrea Pasquini fez uma exibição fechada para os roteiristas do filme, eu e Serginho Groisman.

Caro leitor, não é por nada não. Está lindo. Dá um nó na garganta do começo ao fim. Aliás, como tudo que se refere ao Timão. É uma catarse. Mesmo sabendo da história da queda, urramos e torcemos como se víssemos os lances pela primeira vez.

Faltam ajustes de pós-produção, finalizar a trilha e dar uns pequenos cortes, para estrearmos nos cinemas no final de março ou começo de abril. Melhor marcar um check-up antes, se você corintiano tem o coração problemático.

FIEL, o filme, começou a ser produzido no ano passado por Gustavo Ioschpe, que se especializa em realizar documentários sobre futebol.

A intenção era narrar o filme através dessa torcida diferente, um BANDO DE LOUCOS. Foi criado um site para os torcedores falarem e postarem vídeos. Escolhemos os melhores depoimentos. Recebemos apoio direto da diretoria do time, que não interferiu e nos abriu as portas.

SERGIO GROISMAN, GUSTAVO IOSCHPE, EU E ANDREA PASQUINI, ONTEM, NUMA PRODUTORA NO PACAEMBU (só podia ser), COMEMORANDO

Eu e Serginho, amigo há mais de 20 anos, dividimos o roteiro em três partes (ou atos, como dizem os especialistas).

1. Apresentar os torcedores, que relatam o nascimento de uma paixão.
2. A queda dramática do Corinthians para a Série B, com trechos de jogos, cenas em estádios e depoimentos de jogadores.
3. A volta e a festa.

Além dos personagens-torcedores, falam para as câmeras Lulinha, Dentinho, Herera, Douglas, Felipe, Mano Meneses e outros. O filme termina com uma música da corintianíssima Rita Lee, composta especialmente para nós. Prepare-se.