ex-amante ou ex-companheira?

ex-amante ou ex-companheira?

Marcelo Rubens Paiva

05 de novembro de 2013 | 10h30

 

VANESSA CAROLINE ALCÂNTARA é dessas figuras que aparecem de repente, surpreendem e podem fazer carreira.

É apontada com ex-amante do fiscal LUIS CARDOSO MAGALHÃES, do grupo acusado de desviar 500 milhões da Prefeitura de SP.

Mas se declara ex-companheira.

Tem um filho com ele.

Sua voz aparece em telefonemas interceptados pelo MPE em que afirma que o secretário de Haddad, ANTONIO DONATO, recebeu R$ 200 mil de Magalhães para a campanha para vereador.

Prestou depoimento ontem de oncinha, cabelos loiros ao vento, joias, sorridente e blazer banco.

Na saída do prédio da Riachuelo, viu os repórteres que estavam na Promotoria.

Em vez de descer as escadas internas, fez questão de sair pela porta principal do prédio, no centro, dar a volta pela calçada e entrar de volta, pelo estacionamento, como se desfilasse numa passarela da SPFC, São Paulo dos Fiscais Corruptos.

“Acho que não ficou faltando falar nada. Foi tudo falado. O que podia falar para ajudar na investigação, eu falei. O que eu posso falar é da minha vida pessoal, que eu vivi com ele e que eu era realmente a esposa dele, morava com ele, a gente tem um filho juntos e ele chegava e contava as coisas para mim. Não tenho como provar as coisas”, disse.

“Quero que a Justiça seja feita. Estou abrindo mão de tudo isso. Se fosse uma pessoa que quisesse tirar proveito de alguma coisa, os bens são patrimônio do meu filho. Mas não quero isso. Quero que a Justiça seja feita”, disse aos repórteres.

“Quero reaver a guarda do meu filho, ele (Magalhães) tirou, não sei como. Estou com medo, muito medo”, finalizou.

Perdeu a guarda pois um relatório do advogado do fiscal, MARCO RICCA, afirma que Vanessa é bipolar.

O que Vanessa nega.

E eu que pensava que já tinha começado a novela.

Não, era ainda o noticiário político.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: