terça mm, semana marião

terça mm, semana marião

Marcelo Rubens Paiva

19 Fevereiro 2010 | 23h44

convMDSFna noite de terça-feira marcelo mirisola lança seu grande livro de contos MEMÓRIAS DA SAUNA FILANDESA  na praça roosevelt, no espaço parlapatões.

vão ter leituras.

pedi pelo amor de deu para ler o conto OS GORILAS DE SUMATRA [que se deprimem], que o próprio MM me recomendou, como uma narrativa impiedosa da função de um escritor, sua rotina besta, e a fé de que a gente acha que aquilo que fazemos serve para alguma coisa.

trecho: “se você for um escritor de verdade, desista. a derrota é um bom começo e provavelmente será o seu fim mais açucarado… ou irremediável. caso contrário, existem o sesc e o senac e uma infinidade de cursos profissionalizantes por aí…”

mas estarei atento à leitura do conto SOBRE OS OMBROS DOURADOS DA FELICIDADE, uma obra prima, conto que abre o livro e que retrata como a felicidade de um casal da Barra pode ser destruída por um detalhe que não para de crescer: uma  bolota no ombro da mulher.

MM para mim é um dos maiores escritores contemporâneos. muitas vezes tenho inveja da sua produção e capacidade de narrar com crueldade e ironia o vazio do homem comum.

seu sarcasmo é alta literatura.

+++

 e MARIO BORTOLOTO ganha uma semana no ITAÚ CULTURAL de que aliás faço parte.

aqui vai o release:

Ele está de volta!

Mário Bortolotto é homenageado por sua trajetória de quase 30 anos pelo teatro, cinema, música e literatura. Não perca!


Durante cinco dias, o público poderá conhecer o trabalho de um dos mais efervescentes nomes da cena cultural paulistana. A Semana Mário Bortolotto foi organizada em torno das sugestões do próprio homenageado: “Será um grande painel da minha obra. Vamos conversar bastante sobre o trabalho que faço há pelo menos trinta anos, nas áreas de cinema, teatro, literatura, poesia e música”. A cada dia, um desses temas será abordado, sempre com a presença do próprio dramaturgo e de um debatedor convidado, como o escritor Marcelo Rubens Paiva e o jornalista Jotabê Medeiros. Além disso, a semana conta com diversas performances – como um pocket show de poemas -, exibição de vídeos e show da banda de Bortolotto, a Saco de Ratos.
Há 28 anos no Grupo Cemitério de Automóveis, Mário Bortolotto já escreveu mais de 50 peças e trabalha “exaustivamente não só como escritor, mas também como diretor, ator, sonoplasta, iluminador, ainda encontrando tempo pra cantar numa banda de rock”, como ele mesmo declara. Sempre com uma temática essencialmente urbana e decadente, Bortolotto tem diversas peças aclamadas pela crítica, como Nossa Vida Não Vale um Chevrolet e Medusa de Rayban.
Bortolotto ainda se recupera dos três tiros que levou em um assalto na emblemática Praça Roosevelt, em dezembro de 2009. “Sempre vi o mundo como um lugar difícil, um lugar perigoso de viver. E agora tenho mais certeza disso.” Apesar das dores, o dramaturgo está otimista quanto à semana de sua homenagem: “Vai ser divertido porque vou fazer coisas que gosto e conversar com pessoas que curto. Vai ser divertido pra mim e espero que seja para o público também.” 
 

 

 

 

Confira a programação detalhada:
quarta 24 a domingo 28 de fevereiro
sempre às 20h
quarta 24
Teatro
 

 

 


Debate com Jefferson Del Rios
Além do debate, serão apresentados pequenos trechos de peças com os seguintes atores: Andre Cecato, Maria Manoela e Martha Nowill, , Fernanda D´Umbra e Gabriel Pinheiro. Também haverá um vídeo que exibirá a trajetória de Mário Bortolotto no teatro.
Jefferson Del Rios é redator, editor, correspondente no exterior e crítico teatral atuante na imprensa paulista, como nos jornais Folha de S.Paulo e O Estado de S. Paulo e nas revistas IstoÉ e Bravo!. Foi professor convidado do Conservatório Nacional de Lisboa.
quinta

 

25
HQ e Literatura
 
Debate com Jotabê Medeiros, Marcelo Rubens Paiva e André Kitagawa
Debate e apresentação em vídeo de cenas do espetáculo teatral Chapa Quente – adaptação dos quadrinhos de André Kitagawa. Na mesma noite, o ator Nelson Peres lerá trechos da obra em prosa do dramaturgo e o escritor Reinaldo Moraes lerá trechos do seu livro “Tanto Faz“, tido por Bortolotto como uma de suas maiores influências. Também serão exibidos alguns vídeos com performances de artistas lendo trechos de seus trabalhos.
André Kitagawa é quadrinista e autor do álbum Chapa Quente, adaptado para o teatro pelo Grupo Cemitério de Automóveis. Ganhador do Salão de Piracicaba e do prêmio HQ Mix.
Jotabê Medeiros é repórter e crítico de música do jornal O Estado de S. Paulo. Formado em jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina, escreveu para SomTrês e Showbiz e foi editor assistente na Folha de S.Paulo e na Veja SP, e editor executivo da Rede CNT Gazeta de Televisão.
Marcelo Rubens Paiva é escritor, dramaturgo, jornalista e roteirista. Por suas obras, já ganhou o Prêmio Jabuti (1983), Moinho Santista (1985) e Shell de Teatro (2000). Publicou diversos livros, entre eles o premiado romance Feliz Ano Velho (1982). Atualmente, é colunista do jornal O Estado de S. Paulo.

sexta 26
Cinema

 

 

 


Debate com Beto Brant
Seguido da Exibição do longa inédito Getsêmani (80 min), de Bortolotto – filme de baixo orçamento.

Getsêmani

Mario Bortolotto, Brasil, 2009, 80 min
Classificação indicativa: 14 anos
Um grupo extremista sequestra um editor de livros de auto-ajuda e tem como finalidade persuadi-lo a publicar literatura de primeira grandeza. Participação especial de Marcelo Mirisola.
Beto Brant é cineasta. Dirigiu filmes como Os Matadores (1995) e Crime Delicado (2005). Está lançando o filme O Amor Segundo B. Schianberg e em agosto iniciará as filmagens de Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios, versão cinematográfica do romance homônimo de Marçal Aquino.
sábado

 

27
Poesia

Debate com Ademir Assunção e participação da banda Saco de Ratos 
Além do debate, os poetas Marcelo MontenegroSergio Mello (poetas que Bortolotto admira) lerão poemas de autoria própria. Ainda haverá pocket show com leitura de poemas do próprio Mário, acompanhada da banda de rock e blues Saco de Ratos e participação especial do gaitista Flávio Vajman.
Ademir Assunção é poeta, letrista e jornalista. Já publicou diversos livros e alguns de seus poemas foram musicados e gravados por Itamar Assumpção, Edvaldo Santana, Madan e Ney Matogrosso. É um dos editores da revista literária Coyote.
Saco de Ratos é uma banda paulistana de rock e blues. Formada em 2007 atualmente conta com Bortolotto no vocal, os guitarristas Fábio Brum e Marcelo Watanabe, o baixista Fábio Pagotto e o baterista Rick Vecchione. A banda toca principalmente composições próprias, além de letras de poetas da Praça Roosevelt e de compositores como Itamar Assumpção e Cazuza.
domingo 28
Música
 

 

 

 

Debate com Paulo de Carvalho
Debate e exibição de vídeos com apresentações musicais antigas do autor. Encerramento com show da banda Saco de Ratos e com os músicos convidados Flavio Vajman, Paulo de Tharso e Diego Basanelli.
Paulo de Carvalho é radialista e músico. Fundador, compositor e vocalista da banda Velhas Virgens (maior banda independente do Brasil), considera-se subcelebridade da internet, blogueiro em férias e twitteiro juramentado.
Instituto Itaú Cultural – Sala Itaú Cultural | Avenida Paulista, 149 – Paraíso – São Paulo SP (próximo à estação Brigadeiro do metrô)
Informações 11 2168 1777 | atendimento@itaucultural.ogr.br

 

entrada franca – ingresso distribuído com meia hora de antecedência (247 lugares)
Não recomendado a menores de 14 anos.