dia dos namorados?

dia dos namorados?

Marcelo Rubens Paiva

11 de junho de 2010 | 12h43

Nunca entendi o Dia dos Namorados.

Casados comemoram?

Amantes?

E ficantes?

Almoça-se com um ou uma ex?

E solteiros choram a falta de um ou uma namorada ou comemoram?

Arrumam 1 neste 12 de Junho?

Se agora a maioria FICA, como agendar e com quem jantar num restaurantezinho charmoso?

Sou um romântico [ou um demagogo].

Disse outro dia, para a MTV, que me pegou se surpresa no canto do CLUB BERLIM:

“Todo dia é dia dos namorados…”

Meus amigos atrás das câmeras riram, me chamaram de canalha.

Mas não è?

O que vejo é que menos e menos pessoas namoram.

Mais e mais priorizam uma rotina sem controle e compromissos, 100% livre.

Liberdade, o que é isso?

Livre de cenas de ciúmes, livre para viver um hedonismo excitante, livre para dominar os sentimentos.

Livre para evitar sofrimentos.

O FICAR foi uma inteligente criação adolescente, que contamina.

A vida já é dura demais para se enroscar no imponderável.

Triste [ou não], vivemos no EU eterno.

EU em primeiro lugar.

EU sem repartir.

EU, MEU, MINHA, MEUS.

EU = EGO.

Haverá o Dia do Eu?

Ou todo dia é dia dele?

 

+++

 

 ConviteBloomsday2010PNO

 

Mas também tem BLOOMSDAY neste fim de semana.

Que celebra a obra de James Joyce e é realizado desde 1988 no Finnegan´s Pub (e, desde 2005, também na Casa das Rosas).

É a 23ª edição do Bloomsday, organizado em São Paulo pelo poeta, ensaísta, tradutor e editor Marcelo Tápia e pelo escritor e professor universitário Ivan de Campos. 

O dia de sua realização MESMO (16 de junho), é o dia em que transcorre a ação do romance mais famoso do autor, o Ulysses, cujo personagem central, Leopold Bloom, perambula por Dublin nesse dia, em 1904.

HAVERÁ leituras, apresentações musicais e teatrais.

Comemorado em diversas cidades do mundo, como Londres, Dublin e Nova York, o evento foi criado em São Paulo, em 1988, pelo poeta, ensaísta e tradutor Haroldo de Campos, que participou de sua organização até a sua morte em 2003.

Data: 12, 13 e 16 de junho.

Locais: Casa das Rosas – Av. Paulista, 37.

Finnegan´s Pub – Rua Cristiano Viana, 358.

Horário: das 10h30 às 20h30, no dia 12 (sábado) e das 11h30 às 20h30 no dia 13 (domingo), na Casa das Rosas.

                  das 19h30 às 22h, no dia 16 de junho (terça-feira), no Finnegan´s Pub.

+++

E ela, 

MARISA ORTH ARMA FESTA COMEMORANDO “ROMANCES 2”
 

 

 

  Making of_2_alta

 

 

 

Em pleno Dia dos Namorados e em total clima de romance, Marisa Orth armará festa celebrando os dois anos do show Romances 2.

Interpretará grandes sucessos nacionais e internacionais no Café Uranus, no bairro de Santa Cecília.

Na mesma noite será lançado oficialmente o videolclipe “Insanidade Temporária” dirigido por Ivy Abujamra. A música narra a estória de uma mulher em crise de TPM  assassina o marido e culpa a TPM.  

 

 
 
+++
 
 
Mas para quem tem fé.
 
  
São Pedro guarda pedaço de
pele do santo dos namorados
 
Reconhecida pela Igreja Católica como Santuário de Santo Antônio de Pádua, a cidade de São Pedro abriga um pedaço da pele do “Santo Casamenteiro”, canonizado em 1232 pelo papa Gregório IX.
A relíquia está exposta no altar da igreja de mesmo nome e atrai devotos, em sua maioria moças solteiras, em busca de alguma graça, principalmente nesta época do ano.
A peça foi doada por dom Eduardo, Bispo da Diocese de Piracicaba, que a recebeu na Basílica de Pádua, no norte da Itália. Ela foi depositada na Igreja de Santo Antônio no dia 12 de junho de 1994, em cerimônia acompanhada por fiéis de toda a região.
A igreja de Santo Antônio, em São Pedro, mantém duas importantes tradições ligadas a Santo Antônio: a distribuição de bolo e de pão bento. Na tradicional quermesse, realizada há mais de cem anos, sempre no mês de junho, as moças solteiras podem comer o bolo de Santo Antônio, com a promessa de que assim encontrarão um bom partido. Anualmente, centenas de jovens comem o bolo e muitas voltam para agradecer a graça alcançada, já de aliança na mão esquerda.
Santo Antônio é muito popular em todos os países latinos, especialmente por sua fama de ajudar moças solteiras a encontrarem maridos, mas ele também é muito evocado por aqueles que buscam encontrar objetos perdidos e por quem precisa suprir necessidades simples, como a falta de alimentos.
 

+++

 

Aliás, entro na campanha.

ARRUMEM UM PATROCÍNIO PARA O BELAS ARTES.

Cinema charmoso e tradicional de SP que perdeu o patrocínio do HSBC e pode fechar as portas.

Com 5 salas e sempre movimentado.

 

procura-seb

 

+++

 

Resolvido o problema dos seus comentários, leitores tagarelas.

Podem postar.

Os anteriores sumiram.

Sintam-se em casa, desabafem.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.