dá um tempo, vândalo

dá um tempo, vândalo

Marcelo Rubens Paiva

16 de julho de 2013 | 11h35

A luta é, entre outras, pela melhoria do transporte público.

A Avenida Paulista, especificamente na Praça do Ciclista, esteve sempre ao lado aliada das manifestações.

A Prefeitura criou faixas exclusivas para ônibus e novos pontos com itinerários.

Sou daqueles que tira o carro da garagem quando não tem alternativa

Há tempos prefiro busão, metrô e táxi.

Não por que eu seja um ícone ambientalista, mas porque vou mais rápido, não preciso me preocupar em estacionar, e é mais barato.

Alguém precisa só dar um toque nos vândalos.

As informações contidas atrás de seus vandalismos ajudam quem prefere transporte coletivo a contaminar o ar da cidade.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.