dá pra viver sem carro?

dá pra viver sem carro?

Marcelo Rubens Paiva

28 de agosto de 2013 | 12h10

Dá pra viver sem carro?

Tem gente que mora em bairro afastado que não consegue.

Mas faz a experiência. Na maioria dos casos, dá. 

Dá pra organizar a vida fora de congestionamentos, num trem, metrô, ônibus, carona, táxi, a pé, bicicleta.

Fazer as coisas a pé pelo bairro, compras nas vendas vizinhas, trocar a academia para a do bairro, fazer compras em horários alternativos.

Sem contar que, em alguns casos, com faixas exclusivas, vai-se mais rápido de busão.

Faz outra experiência, digo conta: calcula quanto você gasta por ano para ter um  carro.

Vamos lá: preço do automóvel  + licenciamento + seguro obrigatório + IPVA + combustível + manutenção +  seguro.

Depois divide por 365.

Talvez dê para você circular a cidade de táxi, com um motorista particular.

Acontece em São Paulo um fenômeno interessante.

No verão, quando uma tempestade traz caos, alaga ruas, carros, rios transbordam, casas desabam, e as imagens de cidadãos em pânico e do resgate são as estrelas de telejornais noturnos, pode reparar: no dia seguinte, a cidade registra o menos índice de congestionamento do ano.

Sinal de que muitos que estariam de carro nas ruas no dia seguinte preferiram ficar em casa.

Portanto, não era preciso estarem nas ruas.

Um paradoxo que justifica que, apesar de cada ano a situação piorar, São Paulo tem jeito.

Quando estive em BERLIM em 1994, o Partido Verde alemão, uma força política decisiva, administrava a cidade.

O prefeito decidira transformar uma faixa das grandes avenidas em ciclovia.

A da direita era apenas para transporte coletivo, a do meio para bicicletas e a da esquerda para carros.

Berlim é uma cidade plana, tem um dos mais extensos metrôs da Europa, é rodeada por linhas de trem, cortada por rios navegáveis. Poder se dar ao luxo de ignorar os carros.

E São Paulo?

A experiência é relatada por alguns paulistanos que resolveram mudar de hábitos e viver sem automóvel no livro COMO VIVER EM SÃO PAULO SEM CARRO – 2013, que conta a história de 12 cidadãos que descobriram alternativas para fugir do trânsito.

Será lançado amanhã, 29 de agosto, às 19h na Livraria da Vila da Lorena.

Com as presenças de Alexandre Lafer Frankel (idealizador), Leão Serva (texto), Roberta Dabdab (fotos) e Eva Uviedo (ilustrações).