Como melhorar futebol brasileiro?

Como melhorar futebol brasileiro?

Marcelo Rubens Paiva

21 de agosto de 2014 | 11h38

 

Como melhorar o futebol brasileiro?

1. Jogos mais cedo, para permitir ao torcedor uma volta para a casa sem tropeços e segura.

2. Em caso de rivalidade e atenuantes, jogos com uma torcida só.

Meu amigo Marcelo Barreto, do SPORTV, diz que seria atestar a incompetência do futebol brasileiro.

Em MG, já é assim.

Os 2 mil palmeirenses que foram à Arena Corinthians depredaram a arquibancada. Imagine os corintianos que forem à do Palmeiras, depois de inaugurada.

Ficaríamos sem cenas degradantes, sem encontros aterrorizantes na saída e no metrô, em que nos vemos perdidos entre duas gangues que carregam pedras e paus.

3. Não adianta acabar com as torcidas organizadas. E nem toda ela é de violentos torcedores. Mas adianta afastar os violentos dos estádios.

4. Após os programas Gol da Rodada, mesas redondas poderiam votar no Melhor Ator da Rodada; naquele jogador cai-cai que simula uma falta. Sua cena deveria ser reprisada. Até o envergonhado parar de simular faltas.

5. Jogador que é atendido pela maca em campo, e sai, deve ficar 5 minutos fora dele e passar por uma avaliação médica, como na NFL. Evita-se a catimba já manjada que estraga a festa e amarra o jogo.

6. Deveriam ser permitidas substituições temporárias. Torna o jogo mais dinâmico. Sem interrupção da partida. O time que tiver mais de 11 em campo sofre punição. Como na NFL.

7. Os times deveriam ter um técnico para a defesa e outro para o ataque. A Holanda já adotou. Como sempre, na vanguarda do futebol.

8. Paralisação de 2 minutos no 30º. minuto do segundo tempo, para orientações dos técnicos.

9. A instauração de uma Liga Profissional de Futebol, que organize o campeonato brasileiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.