Chega a vez do streaming cult

Chega a vez do streaming cult

Marcelo Rubens Paiva

23 de julho de 2018 | 18h22

O streaming veio pra ficar. Ou alia-se a ele, ou morre.

O mercado é dominado pelas já gigante$ Netflix, Amazon Prime, HBO GO, Hulu (FOX, ATT com Disney), Crackle (Sony). Por fora, a brasileira Globo Play, da Rede Globo.

Mas a tendência é também a de filmes e público qualificados, como o geek.

Como a plataforma VOD spamflix.com, parceria da CineEuropa, LatAm Cinema, Festival de Filmes Fantásticos de Bruxelas, Festival de Ficção Científica de Triste e outras, com design da brasileira Papanapa.

Que funcionará como uma sala de cinema virtual (paga a que assiste) de uma linha editorial específica: o filme cult.

Mubi e PopcornFlix tendem ao mercado mais indie, de filmes de arte e clássicos.

Vudu, Acorn TV, Sling TV e Viki se fortalecem fazendo parcerias. Curiosity TV é acompanhada por documentários científicos.

Spamflix virá com filmes geeky, nonsense, cult, terror, comédia etc. de vários países do mundo, como Argentina e Brasil, que passaram por diversos festivais.

Em setembro, a plataforma fica online com cerca de 40 títulos, com uma grande estreia pelo menos a cada mês.

Spamflix abre um crowdfunding para ajudar a campanha de lançamento (https://igg.me/at/spamflix).

Nela, vê-se alguns filmes já garantidos: