Agosto Louco

Agosto Louco

Marcelo Rubens Paiva

31 de agosto de 2009 | 12h27

No Legislativo: Comissão de Ética engaveta processo contra Sarney- apesar da mansão não declarada, parentes empregados e atos secretos

PT racha e mostra que a governabilidade está acima da ética. Líder da bancada do Senado é desautorizado e entra em estágio ioiô: renuncia, não renuncia, renuncia, não renuncia..

No Executivo: Encontro suspeito entre ministra e secretaria da Receita não pode ser comprovado; apagaram a fita que controla o entra-e-sai, suspeita-se.

No Judiciário: Ex-ministro da Fazenda não vai a julgamento por quebra de sigilo bancário de um caseiro que o denunciou. Sobrou para o bancário subalterno. Votação apertada. Ministro do Supremo que bateu-boca meses antes no plenário não compareceu. Não se pegaram na saída, nem no recreio.

Receita afirma que multa a grandes sonegadores caiu 20%. Prepara-se o caixa da campanha de 2010? Muitos funcionários decidem se afastar em protesto. Está sobrando emprego na iniciativa privada.

Estadão sob censura. Estabelecida pelo Desembargador amigo do rei, em que pesam denúncias.

Argentina descriminaliza a maconha. Segura, Maradona.

Rede Globo entra com tudo na campanha da descriminalização da mesma.

Igreja Universal é processada. Descobriram que o dinheiro da TV Record vinha do dízimo. Ah, vá…

O Brasil é o país em que mais se morre de gripe suína

Divulgados dados que indicam que a violência aumentou no Estado de São Paulo

Juliana Paes, estrela global, enquadra sob censura o jornalista José Simão.

Mundial de atletismo: Brasil termina sem medalhas.

Mundial de judô: Brasil termina sem medalhas, o que não acontecia há anos

Felipe Massa leva uma “molada” na cabeça a mais de 200 km/h. Peça que se soltou do carro do melhor amigo.

Ronaldo Fenômeno se recupera das lesões dos dois joelhos, entra em forma, volta a fazer gols decisivos e assistências. Cai e fratura a mão

Lei antifumo entra em vigor. Fiscalização avança sobre bares e restaurantes. Clima tenso em baladas.

Michael Jackson morre. Descobre-se que ele não é o pai biológico de seus filhos lorinhos. E que só dormia com anestesia.


CABO ANSELMO EM 1964

Para completar, Cabo Anselmo [ex-líder da revolta dos sargentos, que foi o estopim do Golpe de 64, entrou para clandestinidade, treinou guerrilha em Cuba, voltou ao Brasil como líder de uma organização de luta armada, a VPR, foi preso, mudou de lado, fez acordo com o DOPS, delatou todos que conhecia, inclusive a namorada, grávida dele, que morreu em confronto, fez plástica, desapareceu de vista e surgiu agora, para pedir indenização para o Estado por serviços prestados- reaparece e dá entrevista história no CANAL LIVRE [BAND]. Em que afirmou, na cara dura, que é religioso: “Não levei ninguém à morte, eles que escolheram morrer.”

Faltam mais algumas horas para entrarmos em Setembro.

+++

Muito louco é o filme ANTICRISTO, de LARS VON TRIER. Ou muito ruim? Foi vaiado em Cannes. Crítica se divide. Até aí…

Casal faz amor, enquanto filho engatinha, cai da janela e morre. Mãe surta. Pai, psiquiatra experiente, decide tratá-la. Vão para um lugar isolado. Parece a abertura de um filme psicologicamente elaborado. Tá bom…

Entramos então num suspense com todos os clichês de filmes B de horror. Inclusive aquele: vilã parece morta no final, depois de bater e apanhar muito, mocinho respira aliviado, mas câmera revela que ela segura uma faca, então, ela se levanta e ataca de novo.

É um filme ideal para os fãs de JASON. Uma mistura de PÂNICO com ATRAÇÃO FATAL.

Aliás, o cara que acha que toda mulher é louca, ou que reclama do temperamento sensível da esposa, deveria assistir ao filme. Chegará em casa com flores e dirá: “Perto de outras, você é a mulher mais equilibrada que já conheci. Até na TPM…”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.