Agora não tem Itamar

Agora não tem Itamar

Marcelo Rubens Paiva

09 Março 2015 | 10h34

20120419escola1

 

Fora Sarney, Fora Collor, Fora FHC, Fora Lula e agora Fora Dilma!

Todo governo tem seu Fora.

Especialmente os democráticos, em que se pode livremente gritar “Fora!”

O único que pegou foi o do Collor.

Tinha um Itamar por trás e um bom time para a governabilidade, que constava de Edmar Bacha, FHC e até Erundina, do bom PT (que aliás foi expulsa do partido no episódio).

O panelaço de ontem, com o time do baixelaço croicé de prata, vinha acompanhado de gritos “Fora Dilma!”

Mas, pela linha sucessória, viriam Temer, depois Eduardo Cunha, do PMDB do mesmo Petrolão, Renan, com nome citado na Lava Jato, como Cunha, e o sonolento Lewandoswki.

Melhor ficar só no panelaço.

Dessa vez, não temos Itamar.

Se o governo da Dilma é ruim, por que sua assessoria de comunicação seria boa?

O pronunciamento pela TV de ontem foi uma estupidez; em péssima hora.

A não ser que, vaidosa, Dilma quisesse mostrar sua nova silhueta para a Nação, deixando donas de casa em fúria com suas panelas.

Na verdade, Dilma não quis mostrar pra todo mundo o quanto emagreceu.

Tenta passar a imagem de que há comando no caos político e econômico em que estamos.

O dólar passou dos 3, a inflação e juro em alta, o desemprego será a tônica de 2015, déficit na balança…

Nem precatórios o governo pagou em 2014.

Sua base aliada e seus companheiros viraram réus.

Não era hora para pronunciamento. Nem precisava.

O caos é político e econômico. Não INSTITUCIONAL.