a verdade

a verdade

Marcelo Rubens Paiva

03 de abril de 2012 | 10h26

Confesso que me orgulho de movimentos sociais criativos.

Sem perder a dureza das denúncias.

As redes sociais já são os pesadelos dos impunes.

Mobilizam como nunca antes.

A verdade pode nunca aparecer.

Mas ir em busca dela sempre foi a obrigação da humanidade.

Mesmo que não a encontremos, nos sentimos vivos e em evolução ao procurar.

É o que nos diferencia de uma pedra.

 

 

 

Interessante ver que o estado policial criado por eles, mais especificamente, a Polícia Militar, ainda segue ordens dos Reformados.

E mantém a impunidade e a defesa de interesses de 1 grupo político.

O entulho autoritário ainda presta serviços à ditadura.

Mais uma razão para extingui-la e unificar as polícias.

O bebum tem razão, amanhã vai ser outro dia:

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=BuqKSc_EOIs#!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.