A privada que economiza água

A privada que economiza água

Marcelo Rubens Paiva

06 Março 2015 | 10h20

Vamos aprender com quem sabe.

 

Las Vegas 194Las Vegas 198,

 

Death Valley na Califórnia é um dos desertos mais secos do mundo.

Chove ao todo 3 polegadas por ano. A pouca água que escorre no solo é salgada.

Já bateu recorde de temperatura alta (mais de 50 graus).

E é um parque com poucos hotéis e restaurantes. No banheiro de um deles, uma solução que pode ajudar muito por aqui.

Uma pequena placa sobre o vaso sanitário pede: se for resíduo sólido, aperte a alavanca para baixo, se for líquido, para cima.

A “descarga verde” sabe que resíduo líquido, mais conhecido como xixi, precisa de menos água do que o sólido, conhecido como cocô.

Bela invenção. Fiz o teste. O meu era líquido. Um pouco de água foi suficiente para limpar o vaso.

 

+++

 

Ontem as construtoras donas do terreno em discussão do Parque Augusta começaram a furar a calçada da Rua Augusta para instalar grades e cercar o terreno.

Mas muros do Parque são tombados.

Ativistas foram avisados.

Se dirigiram ao local para impedir a obra, se sentando nos buracos, com a ajuda do vereador Gilberto Nataline (PV). O alvará, em nome de Armando Conde, que não é mais dono do terreno, teria sido forjado, segundo Nataline.

Maria Lúcia Tanabe, da Secretaria Municipal de Licenciamento, disse que o projeto da região da sub-prefeitura da Sé não estava licenciado.

No fim da tarde a obra foi interrompida, considerada ilegal.

Ativistas plantaram mudas de plantas e árvores nos buracos feitos.

 

1661773_4856660832545_3070824568854188694_n