teatro é 3-d

teatro é 3-d

Marcelo Rubens Paiva

11 Julho 2012 | 17h55

    E se quiser uma dica, vá ver  Quartos de Hotel.

Texto e Direção: Mário Bortolotto.

Elenco: Katiana Rangel, Carcará, Danielle CabralWalter FigueiredoErika PugaFrancisco Eldo Mendes.

No Teatro Estação Caneca (Rua Frei Caneca, 384), de quarta a domingo.

Esquema “pague quanto quiser”.

Um Bortolotto diferente, como o próprio admite. “Sem bandidos.”

Maduro. Mais existencialistas. Mais romântico. Tão internamente desesperado quanto os anteriores.

De solitários em busca de explicações em outros solitários.

Dividida em 6 cenas, que se passam em 6 quartos de hotéis, todos sem estrelas na fachada.

Como: Homem casado que resolve desabafar com uma puta. Conquistador barato que tenta transar com duas irmãs. Amigo que descobre a infidelidade da mulher. Casado que não aguenta ser sufocado pela esposa. E outras.

Peça na lista das grandes peças escritas pelo autor que se renova sem sair do trilho certeiro da sua longa carreira, se é que vc me entende.

E com grandes atuações e momentos como: “Não gosto das novidades dos seus amiguinhos gays. Banda tem que ter história!”

Destaca-se a trilha.

E a atuação do ator Francisco Eldo Mendes, um mestre na sutileza, na compenetração e profundidade do jogo teatral, ator que tem inspirado toda uma geração de novos atores e desenvolve um método próprio de atuação e postura cênica e vocal.