As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Xuxa e o sexo

Luiz Zanin Oricchio

27 Novembro 2006 | 18h32

Leio que Xuxa ganhou ação contra o site Mercado Livre que estava vendendo o filme em que trabalha, Amor Estranho Amor, de 1982. O longa-metragem é do diretor paulista Walter Hugo Khouri e, nele, a rainha dos baixinhos é vista seduzindo um garoto. Será Khouri, já falecido e um dos mais importantes diretores brasileiros, mais um caso de cineasta que fica com parte da obra indisponível por problemas na Justiça? Vale lembrar que até hoje o curta Di Cavalcanti, de Glauber Rocha, premiado em Cannes, não pode ser visto pelos espectadores, por proibição da Justiça a pedido da família do pintor. Tudo isso pode ser legal, do ponto de vista jurídico. Mas está correto?