As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vencedores do Olhar de Cinema

Luiz Zanin Oricchio

15 de junho de 2013 | 12h18

VENCEDORES DO
OLHAR DE CINEMA
Festival Internacional de

Curitiba divulga filmes premiados.

 

Após exibir 104 filmes de 26 países, durante 9 dias, o

Olhar de Cinema 2013 – Festival Internacional de Curitiba divulga seus vencedores:

 

Competitiva Internacional de Longa Metragem:

 

Prêmio Olhar: 74, THE RECONSTITUTION OF A STRUGGLE (Líbano) de Raed Rafei e Rania Raei).

 

Prêmio Especial do Júri: Los Mejores Temas (Greatest Hits) – (México/Canadá/Holanda) de Nicolás Pereda.

 

Prêmio de Contribuição Artística: LEVIATHAN (EUA/Reino Unido/França) de Lucien Castaign-Taylor e Véréna Paravel.

 

Competitiva Internacional de Curta Metragem:

 

Prêmio Olhar: OH WILLY (Bélgica/França/Holanda), de Emma de Swaef e Marc James Roels.

 

Menção honrosa: THE LIZARDS (França) de Vincent Mariette.

 

Prêmio adicional: Prêmio especial do júri: STRUGGLE (Canadá), de Sophie Dupuis.

 

Competitiva Olhares Brasil de Longa Metragem:

 

Prêmio Olhar: KÁTIA (Brasil), de Karla Holanda.

 

Prêmio de Contribuição Artística: MATÉRIA DE COMPOSIÇÃO (Brasil) de Pedro Aspahan.

 

Menção Honrosa: A FLORESTA DE JONATHAS (Brasil) de Sérgio Andrade.

 

Competitiva Olhares Brasil de Curta Metragem:

 

Prêmio Olhar: POUCO MAIS DE UM MÊS (Brasil), de André Novais Oliveira.

 

Prêmio de Contribuição artística: ANIMADOR (Brasil), de Cainan Baladez e Fernanda Chicolet.

 

Prêmio adicional: Prêmio especial do júri: LINEAR (Brasil), de Amir Admoni.

 

Prêmio do Público:

 

Competitiva Internacional de Longa Metragem: ESSE AMOR QUE NOS CONSOME (Brasil), de Allan Ribeiro.

 

Competitiva Internacional de Curta Metragem: THE LIZARDS (França), de Vincent Mariette.

 

Competitiva Olhares Brasil de Longa Metragem: KÁTIA (Brasil), de Karla Holanda.

 

Competitiva Olhares Brasil de Curta Metragem: CALIFA 33 (Brasil), de Yanko Del Pino.

 

Prêmio Abraccine

Da Associação Brasileira de Críticos de Cinema:

LEVIATHAN (EUA/Reino Unido/França) de Lucien Castaign-Taylor e Véréna Paravel.

 

 

Prêmio Novo Olhar para o melhor

filme da mostra Novos Olhares:

 

CATIVEIRO (Portugal), de André Gil Mata.

 

Menção honrosa: NOT IN TEL AVIV (Israel), de Nony Geffen.

 

Prêmio Júri RPCTV:

 

O CASTELO (Brasil), de Rodrigo Grota.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.