As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um Esqueleto

Luiz Zanin Oricchio

25 de setembro de 2008 | 09h25

Ontem à noite fui em busca do conto Um Esqueleto, de Machado de Assis. Encontrei-o no volume de Escritos Avulsos I. Queria ver como o texto tinha entrado, junto com A Causa Secreta, na composição, na química, de A Erva do Rato, de Julio Bressane. Bem, não é o maior Machado, mas o tom sardônico, farsesco como macabro, está lá, transfigurado, no filme de Bressane. Para quem não lembra, trata-se da história de um homem que conserva o esqueleto da primeira esposa, e o leva a toda parte, à mesa inclusive, mesmo depois de se casar de novo. Bressane opera uma transfiguração radical nessa história. Vocês verão. O filme foi um pequeno sucesso de escândalo na Europa.

Tendências: