As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um abraço no Toninho

Luiz Zanin Oricchio

26 Janeiro 2007 | 18h53

Não sou de ficar babando por causa da tecnologia. Mas hoje a internet e este blog me deram uma alegria inesperada. Faz alguns dias conheci pessoalmente o pianista Dom Salvador, que mora nos Estados Unidos, e escrevi um post sobre os músicos brasileiros que vivem fora do país. Contei da minha amizade por um deles, o grande violonista Toninho Ramos. Conheci-o aqui no Brasil, na casa de amigos e depois, quando fui morar na França, fiquei hospedado um tempo em sua casa, no Boulevard de l’Hôpital, ao lado da Salpêtrière. Iniciamos uma longa amizade e, no meu tempo de Paris, o Toninho tentou, inutilmente, ensinar-me alguma coisa do violão de alto nível que praticava. Viramos compadres, sou padrinho do Jonathan, filho dele com a Brigitte. Pois bem, não ouvia falar do Toninho há mais de 20 anos mas, por mistérios da internet, ele entrou no blog e deixou um recado, que compartilho com vocês:

25.01.07 @ 22:31
Compadre Luiz,
Eu fiquei surpreso quando eu vi o seu artigo que fala de seu projeto e de ver que voce nao me esqueceu falando de nosso encontro na epoca do Discophage. Hoje Jonathan e violoniste e professor de musica em Paris 13ème. Eu fiz muitas coisas depois dessa epoca que voce pode ver no meu site. Un abraçao bem forte toninho

É ou não é um pequeno milagre, capaz de deixar bem melhor o dia da gente?