As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tragédia na cidade

Luiz Zanin Oricchio

26 de novembro de 2007 | 17h14

BRASÍLIA

O cineasta brasiliense André Luiz da Cunha fez o documentário Dia de Visita, que tem como personagem principal Sônia de Sousa Faustino, mãe de detentos da penitenciária da cidade, a Papuda, e que se dedicou ao apoio às famílias dos presos, tornando-se uma das pessoas mais queridas da cidade. Sônia botou vestido novo para assistir à estréia do filme no Cine Brasília, mas não chegou até lá. Morreu atropelada na calçada em frente à sua casa na cidade-satélite Ceilândia. A polícia afirma que não se trata de acidente e sim de crime. O motorista atropelou Sônia quando pretendia atingir o filho desta, com quem tivera desentendimento por questão de dinheiro. Em conversa comigo, André Luiz se disse desalentado. E afirmou que pretende fazer um longa-metragem sobre a personagem, já que dispõe de mais de três horas de gravação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.