Stalin gostava mesmo era de John Wayne
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Stalin gostava mesmo era de John Wayne

Luiz Zanin Oricchio

10 de dezembro de 2007 | 14h06

oeste
Cartaz de White Sun of the Desert, o melhor western soviético de todos os tempos, segundo apreciadores

Divertida matéria no Newstatesman dá conta que Stálin tanto detestava quanto amava o ator predileto de John Ford. Chegou (segundo Orson Welles) a planejar o assassinato de John Wayne, famoso por suas posições anticomunistas, mas não perdia nenhum dos seus filmes. O fascínio pelos westerns não era exclusividade do ditador. O jornalista conta que, quando foi ser correspondente na então União Soviética, ganhou um vídeo de presente de amigos. Pensou que seria alguma obra de Tarkovsky ou uma cópia novinha do Encouraçado Potemkim. Nada: era um faroeste made in URSS, um, por assim dizer, vodka-western. Na época, quem governava era Brezhnev, que, segundo o autor da matéria, não partilhava a admiração de Stálin por John Wayne, preferindo ver Chuck Connors na tela. Gosto por gosto, o de Stalin era melhor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: