As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morreu Sergio Corrieri, ator de Memórias do Subdesenvolvimento

Luiz Zanin Oricchio

03 de março de 2008 | 15h53

Soube agora da morte de Sergio Corrieri, ator de Memórias do Subdesenvolvimento, talvez o melhor filme de Cuba e um dos maiores da história do continente. Já me referi a ele várias vezes neste blog. Sergio, que morreu aos 69 anos, pode ser visto também em Soy Cuba, de Kalatozov, e no documentário que Vicente Ferraz fez sobre este filme da guerra fria. Mas o grande trabalho de Corrieri é mesmo o de Memórias do Subdesenvolvimento, no qual ele interpreta um personagem com o seu próprio nome. Sergio é o “burguês” que não vê sentido no novo regime revolucionário e, ao mesmo tempo, parece não ter energia para deixar a ilha e partir para Miami. Essa soma de impasses é mostrado em uma seqüência magistral, em que tudo se desfoca, dando a entender que o mundo de Sergio, e suas contradições paralisantes, havia desaparecido. Pode ser encontrado em DVD, pela Videofilmes. Há também, disponíveis em DVD Soy Cuba, de Kalatozov e o documentário de Vicente Ferraz Soy Cuba – o Mamute Siberiano.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.