As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Saem os competidores do Cine Ceará 2012

Luiz Zanin Oricchio

09 de maio de 2012 | 13h18

Filmes da competitiva de longas-metragens:
– Bertsolari. Asier Altuna. Documentário. 35mm. 90’. Cor. Espanha. 2011
– Distancia (Distância). Sergio Ramírez. Ficção. 75’. HDV. Guatemala. 2011
– En el Nombre de la Hija (Em Nome da Filha). Tania Hermida. Ficção. 102’. 35mm. Cor. Equador. 2011
– Febre do Rato. Cláudio Assis. Ficção. 35mm. 90’. Preto e Branco. Brasil. 2011
– Fecha de Caducidad (Data de Vencimento). Kenya Márquez. Ficção. 100’. 35mm. Cor. México. 2011
– Futuro do Pretérito: Tropicalismo Now! Ninho Morais. Documentário. HD. 76’. Cor. Brasil. 2011
– Rânia. Roberta Marques. Ficção. 85’. 35mm. Cor. Brasil. 2011
– Un amor (Um Amor). Paula Hernández. Ficção. 35mm. 100’. Cor. Argentina. 2011
– Violeta se Fue a los Cielos (Violeta se foi para o céu). Andrés Wood. Ficção. 110’. 35mm. Cor. Chile. 2011

Filmes da competitiva de curtas-metragens:
– A Galinha que Burlou o Sistema, de Quico Meirelles (SP, fic/doc, 15min, 35mm, 2012)
– Dia Estrelado, de Nara Normande (PE, ani, 17min, 35mm, 2011)
– Disque Quilombola, de David Reeks (SP, doc, 13min, HDV, 2012)
– Dizem que os Cães Veem Coisas, de Guto Parente (CE, fic, 12min, outro, 2012)
– Lambari, de Márcio Soares (MG, fic, 14min, fic, HDV, 2012)
– Os Lados da Rua, de Diego Zon (ES, fic, 15min, 35mm, 2012)
– Os Mortos-Vivos, de Anita Rocha da Silveira (RJ, fic, 19min, outro, 2012)
– Querença, de Iziane Filgueiras Mascarenhas (CE, fic, 19min58seg, 35mm, 2012)
– Realejo, de Marcus Vinicius Vasconcelos (SP, ani, 12min47seg, HDV, 2012)
– Santas, de Roberval Duarte (RJ, exp, 15min, HDV, 2012)
– Século, de Marcos Pimentel (MG, fic/exp, 11min, 35mm, 2011)
– Três Vezes por Semana, de Cristiane Reque (RS, fic, 15min, 35mm, 2011)

O Cine Ceará acontece de 1º a 8 de junho. Estarei lá, mais uma vez, cobrindo para o Caderno 2. E para o blog, naturalmente.

Tudo o que sabemos sobre:

Cine Ceará 2012

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.