As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Road movie de downianos encanta Gramado

Luiz Zanin Oricchio

14 de agosto de 2012 | 00h30

GRAMADO – Surgiu o primeiro grande sucesso do festival de Gramado, até agora frio. Colegas, de Marcelo Galvão, levantou a galera com seu ritmo, graça e a coragem de enfrentar, sem complacência, a questão dos portadores de Sindrome de Down.

Eles são três, uma garota e dois rapazes, que fogem de uma instituição, promovem assaltos a mão armada e vão parar até a Argentina para realizar seus sonhos.

O de um deles é ver o mar, o da mocinha é se casar, o outro quer voar.

Repleto de citações cinematográficas, de Fellini e Hitchcock, passando por Bonnie & Clyde e Cidade de Deus, o filme conquista pela ousadia, pela leveza, pela graça desinibida dos meninos.

Com trilha sonora composta por músicas de Raul Seixas, consegue completar, de forma ficcional, o trabalho já iniciado pelo documentário Do Luto à Luta, de Evaldo Mocarzel: fazer com que o público enxergue os downianos como pessoas como as outras, com seus conflitos, sonhos e fraquezas. E muito humor.

O casal de protagonistas, Ariel Goldenberg e Rita Pokk, havia participado do documentário de Mocarzel.

Mais conteúdo sobre:

Festival de Gramado