As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Repercussões de Brasília

Luiz Zanin Oricchio

29 de novembro de 2007 | 21h02

Interessantes os reflexos do baile, digo, do festival. Algumas matérias de jornais parecem ultrajadas pela vitória de um filme considerado de difícil compreensão ou de fruição menos evidente como Cleópatra.

Já Carlão Reichenbach, em seu blog ,se diz disposto a não mais participar de festivais com premiações em dinheiro.

Opiniões à parte, é interessante a enquete feita pelo Correio Braziliense e exibida em seu site. Se o resultado aponta exatamente a tendência expressa no voto popular, que elegeu Chega de Saudade, outros números não deixam de ser surpreendentes. Na pesquisa do Correio, Cleópatra ganha, por pequena margem, de Meu Mundo em Perigo, de José Eduardo Belmonte, e Falsa Loira, de Carlos Reichenbach. E deixa no chinelo Amigos de Risco, do estreante Daniel Bandeira, e Anabazys, de Paloma Rocha e Joel Pizzini.

Veja os números abaixo:

Na sua opinião, qual longa merecia o Candango de Melhor Filme?

Falsa Loira, de Carlos Reichenbach (13.82%)
Meu Mundo em Perigo, de José Eduardo Belmonte (12.76%)
Chega de Saudade, de Laís Bodanzky (51.06%)
Amigos de Risco, de Daniel Bandeira (3.19%)
Cleópatra, de Júlio Bressane (15.95%)
Anabazys, de Paloma Rocha e Joel Pizzini (3.19%)

(fonte: Correio Braziliense)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.