Rê Bordosa na cabeça
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Rê Bordosa na cabeça

Luiz Zanin Oricchio

28 de julho de 2008 | 19h15

re

Correndo para lá e para cá, não pude acompanhar o Anima Mundi, o festival de cinema de animação. Mas fiquei contente ao saber da vitória de Dossiê Rebordosa, de César Cabral, uma criativa “investigação” sobre a morte da personagem de Angeli. Bela fusão entre documentário e ficção, num filme divertido e irreverente, como a própria Rê Bordosa, ícone de quem já foi boêmio em São Paulo (ou em qualquer lugar).

Abaixo, a premiação completa do Anima Mundi, para quem quiser conferir

Premiação completa do Anima Mundi

O curta ‘Dossiê Rê Bordosa’, de César Cabral, repetiu o êxito obtido no Rio e sagrou-se novamente vencedor nas categorias Melhor Curta Metragem e Melhor Animação Brasileira, do Júri Popular, as mesmas em que foi premiado no encerramento carioca.

O melhor longa-metragem ficou com o dinamarquês ‘Princess’, de Anders Morgenthaler. O público paulista ainda consagrou o francês ‘Oktapodi’ como Melhor Filme de Estudante e ‘Um dia de sol’ como o Melhor Filme Infantil. Já o Prêmio dos Diretores do Anima Mundi foi para o francês ‘La Queue de la Souris’, de Benjamin Renner.

Na cerimônia ainda ficaram conhecidos os vencedores da quinta edição dos concursos Anima Mundi Web e Anima Mundi Celular. Segue abaixo a lista de premiados do festival:

VENCEDORES – JÚRI POPULAR SP

Melhor Filme de Estudante
1 – OKTAPODI – Julien Bocabeille, François Xavier Chanioux, Olivier
Delabarre, Thierry Marchand, Quentin Marmier, Emud Mokhberi – França
2 – BLIND SPOT – Johanna Bessiere, Cecile Dubois Herry, Simon Rouby, Nicolas
Chauvelot, Olivier Clert, Yvon Jardel – França
3 – LA QUEUE DE LA SOURIS – Benjamin Renner – França

Melhor Longa-Metragem
1 – PRINCESS – Anders Morgenthaler – Dinamarca
2 – IDIOTS AND ANGELS – Bill Plympton – Estados Unidos
3 – DELGO – Marc F. Adler & Jason Maurer – Estados Unidos

Melhor Animação Infantil
1 – UM DIA DE SOL (EIN SONNIGER TAG) – Gil Alkabetz – Alemanha
2 – SEU LOBO – Humberto Avelar – Brasil
3 – CUCURUJAS (HUHU – POLE HOLE) – Alexei Alexeev – Hungria

Melhor Animação Brasileira
1 – DOSSIÊ RÊ BORDOSA – César Cabral
2 – SEU LOBO – Humberto Avelar
3 – O JUMENTO SANTO E A CIDADE QUE SE ACABOU ANTES DE COMEÇAR – William
Paiva, Leo D.

Melhor Curta-Metragem
1 – DOSSIÊ RÊ BORDOSA – César Cabral – Brasil
2 – ISABELLE AU BOIS DORMANT – Claude Cloutier – Argentina
3 – OKTAPODI – Julien Bocabeille, François Xavier Chanioux, Olivier
Delabarre, Thierry Marchand, Quentin Marmier, Emud Mokhberi – França

Prêmio dos Diretores de ANIMA MUNDI
LA QUEUE DE LA SOURIS – Benjamin Renner – França

Prêmio Núcleo de Animação de Campinas – para a Melhor Animação de Estudante
Brasileira
O POVO ATRÁS DO MURO – Marconi Loures de Oliveira

VENCEDORES – ANIMA MUNDI WEB

Melhor Animação – Júri Popular
I LIKE BIRDS – Vladimir Posokhin – Rússia

Melhor Animação – Júri Profissional
COMMON SCENTS – Steve Whitehouse – Canadá

VENCEDORES – ANIMA MUNDI CELULAR

Melhor Animação – Júri Popular & Melhor Animação Brasileira – Prêmio Oi
MARACÃO – Ozi – Brasil

Melhor Animação – Júri Profissional
SET CAMERA TO FOLLOW – Fernando Finamore – Brasil

VENCEDORES – JÚRI POPULAR RJ

Melhor Filme de Estudante

1 – LA QUEUE DE LA SOURIS – Benjamin Renner – França

2 – OKTAPODI – Julien Bocabeille, François Xavier Chanioux, Olivier Delabarre, Thierry Marchand, Quentin Marmier, Emud Mokhberi – França

3 – MAMAN JE T’AIME – Mickael Abensur, Antoine Collet, Damien Dell’omodarme – França

Melhor Longa-Metragem

1 – DELGO – Marc F. Adler & Jason Maurer – Estados Unidos

2 – PRINCESS – Anders Morgenthaler – Dinamarca

3 – IDIOTS AND ANGELS – Bill Plympton – Estados Unidos

Melhor Animação Infantil

1 – UM DIA DE SOL – Gil Alkabetz – Alemanha

2 – A MALDIÇÃO DE SKULL ROCK – Ben Smith – Reino Unido

3 – SEU LOBO – Humberto Avelar – Brasil

Melhor Animação Brasileira

1 – DOSSIÊ RÊ BORDOSA – César Cabral

2 – CALANGO LENGO – MORTE E VIDA SEM VER ÁGUA – Fernando Miller

3 – SEU LOBO – Humberto Avelar

Melhor Curta-Metragem

1 – DOSSIÊ RÊ BORDOSA – César Cabral – Brasil

2 – LA QUEUE DE LA SOURIS – Benjamin Renner – França

3 – PREMIER VOYAGE – Grégoire Sivan – França

Prêmio Aquisição Canal Brasil

‘DOSSIÊ RÊ BORDOSA’ – César Cabral

VENCEDORES – JÚRI PROFISSIONAL RJ

Melhor filme de Encomenda

SONY BRAVIA ‘PLAY-DOH’ – Frank Budgen, Darren Walsh – Reino Unido

Melhor Trilha Sonora

KJFG Nº 5 – Alexei Alexeev – Hungria

Melhor Roteiro

LA MAISON EN PETITS CUBES – Kunio Kato – Japão

Melhor Direção de Arte

YOURS TRULY – Osbert Parker – Reino Unido

Melhor Animação

MADAME TUTLI PUTLI – Chris Lavis, Maciek Szczerbowski – Canadá

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.