As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Peter O’Toole: páreo para Forest Whitaker?

Luiz Zanin Oricchio

16 de fevereiro de 2007 | 16h38

Assisti hoje de manhã a uma bela interpretação de Peter O’Toole em Vênus, filme de Roger Michell. Pode ser um concorrente à altura para Forest Whitaker, que já é dado como vencedor certo do Oscar por seu Idi Amin Dada em O Último Rei da Escócia. O trabalho de O’Toole é mais matizado, embora talvez impressione menos que o de Whitaker. Ele faz um velho ator britânico, doente, no fim da linha, que conhece uma mocinha e…bem, o resto já se sabe, né? Só que o filme é bem menos convencional do que dá a entender uma sinopse desse tipo. Na verdade, é um filme sobre o desejo, que não se aplaca mas apenas muda de figura com a idade. E, claro, sobre o envelhecimento, esse naufrágio à espera de todo ser que respira. Na saída, um crítico de cinema comentou: “envelhecer é mesmo uma m…” Respondi: o problema é que a alternativa é pior.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.