As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Padilha não apóia ninguém

Luiz Zanin Oricchio

19 de outubro de 2010 | 15h43

Acabei de receber a carta aberta de José Padilha, na qual ele expressa sua neutralidade no segundo turno da eleição presidencial. Eis a íntegra:

“Parafraseando o filósofo americano Henry David Thoreau, gostaria de esclarecer que eu não pertenço a nenhum partido, grupo político, agremiação, sindicato ou lista de apoio a candidatos, na qual eu não tenha me inscrito voluntariamente; e que ao contrário do que certos sites e tweets têm afirmado, e do que consta em lista de apoio enviada por um grupo que apóia a candidata do PT para os grandes jornais brasileiros, eu não aderi a candidato algum nesta eleição pelos motivos explí¬citos em Tropa de Elite 2. É uma pena que a falta de crítica e de compromisso com a verdade esteja sendo a principal marca dos dois lados desta campanha presidencial. Um desrespeito ao eleitor brasileiro.”

José Padilha, diretor de Tropa de Elite 2

Tudo o que sabemos sobre:

EleiçãoJosé Padilha

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: