As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O mais comentado e menos lido

Luiz Zanin Oricchio

24 de setembro de 2007 | 15h26

Acho que desde já o didático Nova História Crítica pode ser eleito o livro mais comentado e menos lido dos últimos tempos, desbancando Ulisses e Em Busca do Tempo Perdido nesse quesito. Alvo de forte batalha ideológica (seria progressista e crítico, como diz o título, para uns, veneno esquerdista para a cabeça das nossas crianças, segundo outros), o livro tem ensejado comentários variados, reportagens e artigos de todo o tipo. Aparentemente, porém, ninguém o leu. Selecionaram-se trechos que, bem escolhidos, podem dar razão a teses de posições opostas no espectro ideológico. Alguém se habilita a lê-lo e, com base nesse trabalho, fazer uma crítica séria, amparado no texto, e não em parâmetros externos a ele? Em tempo: um bom serviço, nesse sentido, está sendo prestado pelo blog do Luis Nassif, que está lendo o livro, que é extenso, e comentando-o, pouco a pouco.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.