As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O fim do Menino de Engenho

Luiz Zanin Oricchio

17 Maio 2007 | 18h25

O filme Menino de Engenho, de Walter Lima Jr., baseado no romance de Zé Lins, é de 1965. Um filme lírico, muito bonito e singelo, que aborda a infância do personagem Carlinhos em meio à fase decadente do ciclo da cana-de-açúcar. Há um livro chamado Menino de Engenho – 40 Anos Depois, organizado por Lúcio Vilar para a Universidade Federal da Paraíba. São vários artigos sobre o filme, entre os quais um deste que batuca nestas teclas. O interessante, se o termo cabe, é que Lúcio Vilar, que é professor da UFPB, dirigiu também um curta-metragem chamado O Menino e a Bagaceira, que tem como personagem Sávio Rolim, intérprete de Carlinhos, o “menino de engenho” do filme de Walter Lima Jr. Com 57 anos, Sávio agora perambula por João Pessoa, quase como mendigo, alcoólatra e apresentando problemas mentais. É um caso triste.