As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O Céu sobre os Ombros vence o 43º Festival de Brasília

Luiz Zanin Oricchio

01 de dezembro de 2010 | 01h22

Deu o que se esperava, e o favorito O Céu sobre os Ombros, do mineiro Sérgio Borges, venceu o Festival de Brasília. Abaixo, a lista completa dos ganhadores.

Longa-metragem em 35mm

Melhor filme – “O Céu Sobre os Ombros”, de Sérgio Borges
Prêmio Especial do Júri – Aos personagens/atores do filme “O Céu Sobre os Ombros”
Melhor direção – Sérgio Borges, por “O Céu Sobre os Ombros”
Melhor ator – Fernando Bezerra, de “Transeunte”
Melhor atriz – Melissa Dullius , de “Os Residentes”
Melhor ator coadjuvante – Rikle Miranda , de “A Alegria”
Melhor atriz coadjuvante – Simone Sales De Alcântara, de “Os Residentes”
Melhor roteiro – Manuela Dias e Sérgio Borges por “Céu Sobre os Ombros”
Melhor fotografia – Aluizio Raulino, por “Os Residentes”
Melhor direção de arte – Gustavo Bragança, de “A Alegria”
Melhor trilha sonora – Andre Wakko, Juan Rojo, David Lanskylansky e Vanessa Michellis por “Os Residentes”
Melhor som – Som Direto, Edicão de Som e Mixagem de “Transeunte”
Melhor montagem – Ricardo Pretti, de “Céu Sobre os Ombros”

Curta ou média-metragem em 35mm

Melhor filme – “Acercadana”, de Felipe Peres Calheiros
Prêmio especial do júri: “Braxília”, de Danyella Proença
Melhor direção – Gabriel Martins e Maurilio Martins, de “Contagem”
Melhor ator – Vinny Azar e Ícaro Teixeira, por “A Mula Teimosa e o Controle Remoto”
Melhor atriz – Dira Paes, de “Matinta”
Melhor roteiro – Danyella Proença, de “Braxília”
Melhor fotografia – Yuri Cesar, de “Cachoeira”
Melhor direção de arte – Maíra Mesquita, de “Fábula das Três Avôs”
Melhor trilha sonora – Puriki e índios do alto rio negro, de “Cachoeira”
Melhor som – Som Direto, Edicão de Som e Mixagem de “Matinta”
Melhor montagem – Paulo Sano de “Acercadana”

Curta-Metragem Digital

Melhor Filme – “Traz Outro Amigo Também”, de Frederico Cabral
Melhor Direção – Pablo Lobato, pelo filme “Queda”
Melhor Ator – Emanuel Aragão, por “Só Mais um Filme de Amor”
Melhor atriz – Ketellen Coutinho, por “Tempo de Criança”
Melhor Roteiro – Samir Machado de Machado, por “Traz outros Amigo Também”
Melhor Fotografia – Carol Matias e Elias Guerra, por “Entrevãos”
Melhor Direção De Arte – Daniel Banda, por “O Filho do Vizinho”
Melhor Trilha Sonora – Lucas Marcier, por “Tempo de Criança”
Melhor Som – O Grivo, por “Queda”
Melhor Montagem – Alberto Feoli, por “Traz Outro Amigo Também”

Tudo o que sabemos sobre:

Festival de Brasíliavencedores

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: