As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O Caçador de Pipas proibido no Afeganistão

Luiz Zanin Oricchio

15 de janeiro de 2008 | 16h04

Acabo de ler no Portal do Estadão a notícia da proibição de O Caçador de Pipas no Afeganistão. Por coincidência, assisti agora de manhã o filme de Marc Forster que estréia na sexta. De enredo mais puxado para o folhetinesco tem, de fato, algumas cenas que podem incomodar, entre elas o estupro de um garoto. A mais dura delas, no entanto, seria a de uma mulher sendo apedrejada por adultério. Os talebãs são retratados como fanáticos sangüinários e o próprio Afeganistão é visto como uma terra da qual a melhor coisa a fazer é escapar. O filme tem qualidades. A sutileza não é uma delas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.