‘Nossa Bandeira Jamais Será Vermelha’ vence o Santos Film Festival
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Nossa Bandeira Jamais Será Vermelha’ vence o Santos Film Festival

Luiz Zanin Oricchio

07 de outubro de 2020 | 12h43

Nossa Bandeira Jamais será Vermelha foi o grande vencedor do Santos Film Festival. O filme fala do golpe articulado para derrubar Dilma Rousseff da presidência. Coloca a mídia no banco dos réus. Seu diretor Pablo Lopes Guelli levou a estatueta na categoria. 

Já o melhor filme para o voto popular foi O Samba é Primo do Jazz, de Angela Zoé, que tem como personagem a cantora Alcione. 

A lista completa dos premiados: 

Lista completa de premiados:

– Troféu Toninho Campos – Melhor Longa-Metragem – Júri“Nossa Bandeira Jamais Será Vermelha” (SP), de Pablo Lopes Guelli

– Troféu Toninho Campos – Melhor Curta-Metragem – Júri – “Sofia” (Portugal), de Filipe Ruffato e Gonçalo Viana

– Troféu Toninho Campos – Melhor Direção de Longa-Metragem – Júri – Pablo Lopes Guelli

– Troféu Toninho Campos – Melhor Direção de Curta-Metragem – Júri – Marília Nogueira (“Angela”)

– Troféu Toninho Campos – Melhor Curta-Metragem – Voto Popular – “Um Dia Frio” (PR, animação/drama, de Victor Percy

– Troféu Toninho Campos – Melhor Longa-Metragem – Voto Popular – “O Samba é Primo do Jazz” (RJ), de Angela Zoé

– Troféu Toninho Campos – Melhor Filme Baixada Santista – Júri – “Vila dos Pescadores” (Santos), Cintia Neli da Silva Inacio e Geovanne Rafael V. da Silva

– Troféu Toninho Campos – Melhor Direção Baixada Santista – Júri – Thomas Aguina (“Projeção”, Praia Grande)

– Troféu Toninho Campos – Melhor Filme Baixada Santista – Voto Popular – “Blandina” – Santos, drama, de Arthur Micheloto

– Menção Honrosa Filme de Caráter Humanitário – “Selvagem”, SP, de Diego da Costa

Menção Honrosa Filme de Caráter Humanitário – Voto Popular – “Tranças”, BA, de Livia Sampaio

– Melhor Filmes de Rock (voto popular do Blog n Roll) – “A Plebe é Rude”, de Hiro Ishikawa e Diego da Costa

– Menção Honrosa Melhor Filme Estrangeiro – “A Canção do Tempo” (Argentina, El Canto Del Tiempo, longa, documentário, de Mana García)

– Menção Honrosa Melhor Filme Estrangeiro – Voto Popular – Sofia” (Portugal), de Filipe Ruffato e Gonçalo Viana

 

Tudo o que sabemos sobre:

Santos Film Festival

Tendências: