As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Nazismo e sucesso literário

Luiz Zanin Oricchio

12 Novembro 2006 | 11h11

Jonathan Littell é o nome da moda na estação literária francesa. Ganhou o principal prêmio do país, o Goucourt, com Les Bienveillantes (As Bondosas), livro de mais de 900 páginas, cujo “herói” é um oficial das SS nazistas. Clique aqui para ler a análise da obra pelo nosso corresponde em Paris, Gilles Lapouge.