As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morreu Nato, o virtuose dos Índios Tabajaras

Luiz Zanin Oricchio

16 de novembro de 2009 | 16h09

Para mim, uma das histórias mais incríveis do Brasil é a dos irmãos concertistas de violão, Os Índios Tabajaras. Vieram do Ceará, desceram rumo ao sudeste, tornaram-se instrumentistas da pesada e foram se estabelecer nos Estados Unidos. No domingo, morreu Nato, com 91 anos. Medindo bem as palavras: era um gênio do violão. Quem tem dúvida, veja e ouça o trecho abaixo.

[kml_flashembed movie=”http://www.youtube.com/v/tdYF5gZckmk” width=”425″ height=”344″ wmode=”transparent” /]

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: