Morreu Ivan Candido, aos 84 anos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morreu Ivan Candido, aos 84 anos

Luiz Zanin Oricchio

01 de junho de 2016 | 20h27

Com Fernanda Montenegro, em A Falecida

Com Fernanda Montenegro, em A Falecida

Há uma cena muito engraçada (aliás, tragicômica) em A Falecida, de Leon Hirszman. Zulmira (Fernanda Montenegro) está no fundo do poço, deprimida e pensando em se matar. Chega o marido, mais deprimido ainda. Ela pergunta

  • O que houve, Toninho?
  • E ele:
  • Parece que Ademir não joga…
  • Que Ademir?
  • Sabe que eu chego a ter inveja de você? Tranquila, não sabe de nada, não se preocupa com nada.

Para ele, a mulher era uma alienada, não sabia que Ademir de Menezes, o Queixada, atacante do Vasco, não participaria do jogo decisivo do campeonato, pois havia se contundido.

A cena faz parte de A Falecida e Toninho é interpretado por Ivan Candido, que morreu hoje aos 84 anos.

Sua estreia no cinema foi com outro personagem semi cômico, o jornalista policial Caveirinha, de Boca de Ouro, outra peça de Nelson Rodrigues, esta adaptada por Nelson Pereira dos Santos.

Participou de uma obra-prima do Cinema Novo, como Os Fuzis, de Ruy Guerra, e foi protagonista de A Cartomante, de Marcos Farias. Atuou também em Lúcio Flávio, de Hector Babenco, Prá Frente Brasil, de Roberto Farias, Luz del Fuego, de Davi Neves, entre outros. Sua última aparição no cinema foi em Zuzu Angel (2006), de Sérgio Rezende.

Fez também muita TV, em novelas e séries como Senhora do Destino, Fera Radical, Tenda dos Milagres e Dancin’ Days. 

No cinema, seu trabalho foi reconhecido no Festival de Gramado, onde recebeu o Kikito de melhor coadjuvante por Lúcio Flávio – o Passageiro da Agonia.  

 

Tudo o que sabemos sobre:

cinema brasileiroIvan Candido

Tendências: