As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morreu Carlos Coimbra

Luiz Zanin Oricchio

14 de fevereiro de 2007 | 12h28

Acabo de saber da morte do cineasta Carlos Coimbra, aos 79 anos. Coimbra dirigiu filmes bastante conhecidos em sua época, como o patriótico Independência ou Morte (1972), em plena ditadura Médici. Foi nome importante no chamado “ciclo do cangaço”, com títulos como A Morte Comanda o Cangaço (1960), Lampião, o Rei do Cangaço ( 1962) e Corisco , o Diabo Loiro (1969), entre outros. Dirigiu também adaptações como A Madona de Cedro, da obra de Antonio Callado e Iracema, a Virgem dos Lábios de Mel, de José de Alencar. Foi um artesão, com vistas ao cinema popular, sem grandes preocupações com a atualização da linguagem cinematográfica. Seu primeiro longa foi Armas da Vingança (1955) e o último Os Campeões (1981).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.