Morreu Jean-Claude Brialy
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morreu Jean-Claude Brialy

Luiz Zanin Oricchio

31 Maio 2007 | 13h40

brialy
Jean-Claude Brialy em 1963

Chego ao jornal e descubro, com pena, que morreu o ator francês Jean-Claude Brialy. Tinha 74 anos e sofria de câncer. Para quem acompanhou a nouvelle vague, a figura de Brialy é bem conhecida. Ele trabalhou com Chabrol (Nas Garras do Vício, horrenda tradução de Le Beau Serge), Truffaut (Os Incompreendidos, A Noiva Estava de Preto), Godard (Uma Mulher É uma Mulher), Rohmer (O Joelho de Claire), Malle (Ascensor para o Cadafalso), além de Buñuel (O Fantasma da Liberdade). Está em um filme que estimo muito, A Grande Noite de Loucuras (La Notte Brava), de Mauro Bolognini, e também em Casanova e a Revolução, de Ettore Scola. Em seu currículo constam mais de cem filmes, alguns deles obras-primas. Brialy foi protagonista de Le Beau Serge e outros filmes, mas era uma espécie de especialista em papéis secundários, que ganhavam relevância com seu talento. E como se fazia filme bom naquele tempo