As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morre Werner Schroeter

Luiz Zanin Oricchio

13 de abril de 2010 | 14h36

Vi agora que morreu de câncer o diretor alemão Werner Schroeter. Era considerado um dos papas da “nouvelle vague” alemã. Schroeter, homem de sua geração, foi um experimentalista em filmes como Reino de Nápoles e Palermo. Foi muito comentado, à época. Depois, para ser franco, não acompanhei muito a sua carreira. Para minha surpresa, estava entre os competidores do Festival de Veneza de 2008, com um filme chamado Nuit de Chien (Noite de Cão), baseado em Juan Carlos Onetti. Para continuar sendo franco, achei a estética meio pesada e datada. É história de uma distopia política, uma sociedade caótica da qual as pessoas tentam escapar como podem. Tudo muito pesado, tendo o francês Pascal Greggory como protagonista. Schroeter nasceu em 1945. Tinha, portanto, 65 anos.

Tendências: