As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Microconto de Natal

Luiz Zanin Oricchio

24 de dezembro de 2006 | 09h45

Tinha diante de si o presente que lhe haviam deixado antes de partirem para onde não se dá nem se recebe nada. Não tinha coragem nem vontade de abri-lo. Bastava olhá-lo.

Bom Natal a todos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.