As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Meus cem livros

Luiz Zanin Oricchio

27 de maio de 2012 | 12h57

A Bia Lessa me pediu uma relação dos cem livros que haviam definido a minha formação. A ideia, parece, é para um evento na Rio + 20. Fui escrevendo ao sabor da memória. Claro que devo ter deixado montanhas de fora, ausências das quais vou me arrepender. Não contei os livros. Não sei se são cem, ou mais, ou menos. Não quis indicar um cânone. Apenas citar livros que me são muito queridos, me acompanham vida afora e dizem muito sobre quem sou, ou quem gostaria de ser. Se for útil, dê uma olhada.

Freud. A interpretação dos sonhos
Mal-estar na cultura

Marx. O capital
Manuscritos econômico filosóficos

Nietszche. A genealogia da moral
Assim falou Zaratrusta

Descartes. Discurso do Método
Meditações metafísicas

Sartre. O que é a literatura?
Os caminhos da liberdade
As palavras

André Bazin. Qu’est ce que le cinéma?

Ismail Xavier. Alegorias do Subdesenvolvimento: Cinema Novo, Tropicalismo, Cinema Marginal, Sertão Mar: Glauber Rocha e a Estética da Fome,

Jean-Claude Bernardet. Brasil em tempo de cinema
Cineastas e imagens do povo

Paulo Emílio Salles Gomes. Artigos no Suplemento Literário do Estadão
Cinema: uma Trajetoria no subdesenvolvimento

Albert Camus. A peste
A queda

Platão. Banquete

Oswald de Andrade. João Miramar
Manifesto antropofágico

Mário de Andrade. Macunaíma

Raduan Nassar. Lavoura arcaica

Flaubert. Madame Bovary
Bouvard e Pécuchet

Balzac. As ilusões perdidas

Guimarães Rosa. Grande Sertão Veredas
Primeiras estórias
Sagarana
Monteiro Lobato. Reinações de Narizinho

Machado de Assis. Memórias póstumas de Brás Cubas
Dom casmurro

Roberto Bolaño. Os detetives selvagens

Júlio Cortazar. O jogo da amarelinha

Jorge Luís Borges. Obra completa

Ernesto Sabato. De heróis e de tumbas

Gabriel Garcia Marquez. Cem anos de solidão

Mário Vargas Llosa. Conversa na catedral

Érico Veríssimo. O tempo e o vento

Jorge amado. Dona Flor e seus dois maridos
Os velhos marinheiros

Graciliano Ramos. Angústia
Memórias do cárcere

Hemingway. Contos completos
Por quem dobram os sinos
O sol também se levanta

Faulkner. O som e a fúria
Palmeiras selvagens

Giovanni Papini. palavras e sangue

André Gide. A porta estreita

Louis Ferdinand Céline. Voyage au bout de la nuit

Alberto Moravia. O conformista

William Shakespeare. Hamlet
O rei lear

Miguel de Cervantes. Dom quixote
Novelas extraordinárias

Edgard Allan Poe. O relato de Arthur Gordon Pym
Historias extraordinárias

Hermann Melville. Moby Dick
Bartleby

Maquiavel. O príncipe

Thomas Hobbes. O leviatã

Carlos Drummond de Andrade. Poesia completa
Observador do escritório

Jacques Lacan. Les écrits
Seminário sobre a ética

Sérgio Buarque de Holanda. Raízes do Brasil

Gilberto Freyre. Casa grande e senzala

James Joyce. Ulisses
Os dublinenses

Antônio Callado. Quarup

Marcel Proust. Em busca do tempo perdido

Michel de Montaigne. Les Essais.

Euclides da Cunha. Os sertões

Dostoievski. Crime e castigo
Os irmãos Karamazov
O idiota

Victor Hugo. Os miseráveis

Stevenson. A ilha do tesouro

Choderlos de Laclos. Ligações perigosas

Theodore Dreiser. Uma tragédia americana

Henry Miller. Trópico de câncer

Kafka. O castelo
A metamorfose

Joseph Conrado. O coração das trevas
Lorde Jim

Eça de Queirós. Os Maias

Thomas Mann. A montanha mágica
Doutor Fausto

Lima Barreto. Triste fim de Policarpo Quaresma

Clarice Lispetor. A paixão segundo G. H.

Leon Tolstoi. Guerra e paz

Eric Hobsbawm. A era dos extremos

Norberto Bobbio. Direita x Esquerda
De senectude

Homero. Odisséia

Plutarco. Vidas paralelas

Petronio. Satyricon

Tudo o que sabemos sobre:

meus cem livros

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.