As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Meu querido milhão

Luiz Zanin Oricchio

01 de abril de 2013 | 19h35

Cá estou de volta, depois de um belo mês de ócio.

A boa surpresa veio no relatório semanal que recebo das atividades deste blog: ultrapassei meu primeiro milhão de page-views. Não adianta virem me dizer que é pouco, ou que tal ou qual astro da música sertaneja faz isso em um dia. Ou talvez em uma hora. Não interessa. Sinto-me um homem rico. Sou do tempo em que se dizia que para virar um milionário era preciso apenas gramar para juntar o primeiro milhão de dólares. O resto viria como consequência.

Não sei se é verdade. Mesmo porque, por deficiência de geração, ficar rico nunca esteve entre meus objetivos. Sempre fui mais ambicioso.

Mas, enfim, não me ocorre nada melhor, em face deste primeiro milhão de acessos ao blog, que agradecer a vocês, que têm a paciência de me suportar por aqui. Obrigado mesmo.

E me aguardem. Porque agora, tocado pela fortuna, tomei gosto pela coisa. Virei ambicioso. Quero um segundo milhão.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: