As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Meu Nome Não é Johnny tem ótima estréia

Luiz Zanin Oricchio

08 de janeiro de 2008 | 15h43

Vejo no site do Boletim Filme B (para assinantes) que Meu Nome Não é Johnny, de Mauro Lima, teve ótima estréia nos cinemas. Foi visto por 151,2 mil espectadores no primeiro fim de semana com uma média de 1.482 espectadores por cópia lançada. Assim, o primeiro filme brasileiro a chegar ao circuito em 2008 já tem tudo para ser um dos grandes sucessos do ano. A quê creditar todo esse sucesso? O filme é muito bom, Selton Mello faz um trabalho espetacular no papel de João Estrella e o lançamento foi bem feito — despertando nas pessoas a vontade de ver um filme que fala dessa história real, um usuário de cocaína de classe média, que acaba se convertendo em traficante. São motivos suficientes. Mas o sucesso é sempre um mistério, no fundo. Acho que conta muito a agilidade, o charme da linguagem com que a história é contada. Já vimos isso em Cidade de Deus e também em Tropa de Elite. O bom tema é apenas um ponto de partida.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.