Marighella vai a Berlim
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Marighella vai a Berlim

Cinebiografia do guerrilheiro assassinado em 1969 foi selecionada para um dos mais importantes festivais de cinema do mundo

Luiz Zanin Oricchio

10 de janeiro de 2019 | 15h22

 

Saiu mais uma parte da lista dos selecionados do Festival de Cinema de Berlim e Marighella, cinebiografia do guerrilheiro dirigida por Wagner Moura, está entre eles. O ator Seu Jorge é o intérprete de Marighella. O filme não concorre a prêmios. 

O baiano Carlos Marighella (1911-1969) foi líder da ALN (Ação Libertadora Nacional) e, por sua luta contra a ditadura, tornou-se um dos homens mais perseguidos pelo regime. Foi assassinado em  emboscada preparada pela repressão na Alameda Casa Branca, em 4 de novembro de 1969.

O filme dedicado a Marighella é a primeira experiência do ator Wagner Moura na direção. A trajetória aventureira de Carlos Marighella foi objeto de uma densa biografia escrita pelo jornalista Mário Magalhães – Marighella, O Guerrilheiro que Incendiou o Mundo (Cia das Letras, 2012).

Será interessante ver a recepção do filme na atual conjuntura política do Brasil.

Tendências:

  • Antonia Fontenelle fala sobre áudio em que critica Otaviano Costa e Flávia Alessandra
  • Atores de 'Liga da Justiça' pedem lançamento de Snyder Cut, versão original do filme
  • Nazismo no Brasil: País tem mais de 300 células que seguem a ideologia