Longa uruguaio ‘Clever’ vence o Cine Ceará
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Longa uruguaio ‘Clever’ vence o Cine Ceará

Luiz Zanin Oricchio

23 de junho de 2016 | 00h03

A058_C003_1114X6

Fortaleza – Clever, dos uruguaios Federico Borgia e Guillermo Madeiro, chegou devagarzinho, foi o último longa a ser apresentado em concurso e acabou por levar o prêmio principal – Troféu Mucuripe de melhor filme desta 26ª edição do Cine Ceará. Ganhou também o troféu de trilha sonora.

Conta uma história singela, um tanto estranho e com humor minimalista. Um lutador de artes marciais, o tal Clever (Hugo Piccinini) vai atrás de um pintor de carros para enfeitar seu Chevette com desenhos de chamas e outras artes. É engraçado, terno e um tanto melancólico, como outros filmes uruguaios.

Maresia foi o segundo mais bem premiado com direção (Marcos Guttman) e ator (Julio Andrade), seguido pelo espanhol Avó, que ficou com os troféus de fotografia, direção de arte e prêmio da crítica. O forte documentário Menino 23, tido como favorito, levou os Mucuripe de montagem e roteiro.

 

Abaixo, os principais prêmios:

 

Longas

 

Clever. Melhor filme, Trilha sonora  

Maresia. Direção (Marcos Guttmann), Ator (Julio Andrade)

Avó. Fotografia, Premio da Crítica (ABRACCINE), direção de arte.

Menino 23. Montagem, roteiro

Clarisse ou alguma coisa sobre nós dois. Atriz (Sabrina Greve)

Epitáfio. Som

Curtas

O teto sobre nós. Melhor filme

Índios no poder. Direção (Rodrigo Arajejo)

Fotograma. Premio da crítica (Abraccine), roteiro

USP 7%. Aquisição Canal Brasil

A festa e os cães. Melhor produção cearense

 

Tudo o que sabemos sobre:

Cine Ceará 2016cinema uruguaio

Tendências: