Longa espanhol ‘Petra’ vence o 28º Cine Ceará
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Longa espanhol ‘Petra’ vence o 28º Cine Ceará

Filme catalão domina a premiação do festival cearense com uma trama original e inesperada, envolvendo um drama em família de artistas

Luiz Zanin Oricchio

11 Agosto 2018 | 21h18

FORTALEZA – O longa espanhol Petra foi o grande vencedor do 28º Cine Ceará. Além de melhor filme, venceu em importantes categorias como direção, roteiro e ator, além do prêmio do crítica. Cinco prêmios no total.

A premiação concentrada foi justa: de todos os longas apresentados, numa seleção de bom nível, Petra é o mais bem construído  e equilibrado entre invenção e comunicação com o público.

+++Leia a crítica de Petra

Nova York, de Leo Tabosa, com uma narrativa intimista e autobiográfica, foi o melhor curta-metragem da mostra cearense.

Abaixo, a premiação completa.

Longa-metragem

Filme: Petra (Espanha)

Diretor: Jaime Rosales, de Petra

Roteiro: Petra

Fotografia: O Barco (Brasil)

Montagem: Diamantino (Portugal)

Som: O barco

Trilha sonora original: João Vitor Barroso, de O barco

Direção de arte: Carlos Garrido, de Cabras de merda

Atriz: Natalia Aragonese, de Cabras de Merda (Chile)

Ator: Joan Botey, de Petra (Espanha)

Olhar universitário: O barco (Brasil)

Crítica (Abraccine): Petra (Espanha)

Curtas-metragens

Melhor filme: Nova York, de Leo Tabosa

Direção: Lucas Rossi, O vestido de Myriam

Roteiro: Só por Hoje (Sabrina Garcia)

Melhor produção cearense: A canção de Alice

Crítica (Abraccine): Nova York

Olhar universitário: O vestido de Myriam

Prêmio Aquisição Canal Brasil: O vestido de Myriam

Troféu Samburá (do jornal O Povo): O vestido de Myriam

Mais conteúdo sobre:

Cine Ceará 2018Petracinema espanhol